Inovação e tecnologia serão fundamentais para maior competitividade agrícola

12/04/2022



Os desafios da agropecuária brasileira para manter e ampliar sua competitividade comercial foi o tema de um dos debates na 8ª Brazil Conference, realizada anualmente pela comunidade brasileira de estudantes em Boston, sede de universidades como o Massachusetts Institute of Technology (MIT), Harvard University, Boston University e outros centros de ensino e pesquisa.

O sócio-diretor da Agroicone, Rodrigo C A Lima, foi um dos debatedores no painel “Instigando a Competitividade Agrícola”, ao lado de Mariana Vasconcelos, CEO da Agrosmart; Teresa Cristina Vendramini, presidente da Sociedade Rural Brasileira, e moderação do jornalista Bruno Blecher, sócio da Fato Relevante.

Rodrigo defendeu nesse debate maior rapidez para implementar o Código Florestal para que o país tenha melhor gestão de uso da terra e desmatamento. Em sua avaliação, a agricultura não é principal causadora de desmatamento ilegal, mas o fato de o país não ter um controle sobre desmatamento ilegal e legal é algo que traz prejuízos no mercado interno e externo.

Rodrigo destacou que existem iniciativas valiosas de integração de tecnologias e práticas agrícolas. “A inovação terá um papel fundamental para potencializar a competitividade na agropecuária, incluindo tecnologias e práticas que favoreçam a adaptação dos sistemas produtivos e a redução de emissões de gases do efeito estufa, e para isso temos um importante recurso que é o plano setorial ABC+, a política brasileira para agropecuária de baixa emissão de carbono”, afirmou.

Confira com foi o seminário.

 

Compartilhe