Agroicone em Campo

Negociações do Marco Global da Biodiversidade avançam em direção à COP15

19/05/2022

Entre 13 e 29 de março de 2022, delegações de todo o mundo reuniram-se em Genebra, na Suíça, para dar continuidade às negociações do “Marco Global para a Biodiversidade Pós-2020” (após acordo entre as partes, será denominado apenas “Marco Global”).

Temas como restauração, poluição, áreas protegidas, espécies exóticas invasoras, agricultura sustentável, biotecnologia, mainstreaming (envolvimento do setor privado), consumo sustentável e Informações de Sequências Genéticas Digitais (DSI) estiveram na pauta das reuniões.

Em Genebra, mais de 100 países trouxeram à mesa as suas propostas e negociaram, em detalhes, um novo acordo global de metas e objetivos no âmbito da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB). Tal acordo visa promover a “Vida em Harmonia” com a natureza até 2050, com base na valoração, conservação, restauração e o uso sustentável da biodiversidade.

Em linhas gerais, o texto do Marco Global contém 22 metas de ação que visam engajar os países e também o setor privado, na implementação de medidas que favoreçam os 3 objetivos da Convenção: i) conservação da biodiversidade; ii) uso sustentável da diversidade biológica e iii) acesso a recursos genéticos, conhecimento tradicional associado e repartição de benefícios.

Se, por um lado, as reuniões de Genebra serviram como um ponto de retomada para a negociação – após intensos dois anos de reuniões no formato on-line, exclusivamente – por outro, evidenciaram a necessidade política de conduzir novas rodadas de discussões que permitam construir consensos.

Vale apontar que há desafios enormes para definir o escopo das metas que tratam de poluição, biotecnologia, repartição de benefícios advinda da utilização de recursos genéticos, incluindo sequências genéticas, financiamento para a biodiversidade, dentre outras. Há inúmeros colchetes nos textos, o que significa que as Partes deverão aprofundar as negociações para permitir chegar à COP15 com um documento que favoreça uma decisão final.

Haverá uma 4ª reunião do Grupo de Trabalho Aberto sobre o Marco Global, a ser realizada entre 21 e 26 de junho, em Nairobi, Quênia. Espera-se que a COP15 seja confirmada para o 2 semestre, na China.

A Agroicone participou das reuniões realizadas em Genebra e acompanhará as continuidade das negociações em Nairobi, sempre visando integrar o setor privado e conectar a produção sustentável com ações concretas que favoreçam à implementação das futuras metas de biodiversidade.

 

Autor:
Giuliane Bertaglia
Compartilhe

Quer receber mais conteúdos?

Inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro!