Agropecuária precisa crescer com inovação e sustentabilidade para enfrentar mudança do clima

27/10/2021

Com o recente anúncio do ABC+ pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a política pública para agricultura de baixa emissão de carbono passa a adotar uma abordagem integrada da paisagem, considerando aspectos de produção, resiliência, adaptação às mudanças do clima e conservação.

Com a meta de reduzir emissões em até 1,1 bilhão de toneladas de CO2 eq até 2030, o ABC+ integra as estratégias brasileiras diante do Acordo de Paris.

Em entrevista ao programa Mercado & Cia, do Canal Rural, o sócio diretor da Agroicone, Rodrigo C. A. Lima, afirmou que a agropecuária brasileira está posicionada na COP26 tendo o ABC+ como um plano estratégico. “O Brasil pode se diferenciar na COP26 com um plano de agropecuária robusto e aparentemente é o único país a levar uma política pública agrícola estratégica. O setor precisa resolver a questão da redução do desmatamento, que não é causada integralmente pela pecuária e na grande maioria dos casos é desmatamento ilegal. Sendo assim, o setor agrícola precisa se desconectar desse desmatamento, porque isso prejudica a imagem e os negócios”, explica.

Veja a entrevista de Rodrigo C. A. Lima ao programa Mercado & Cia, do Canal Rural.

 

Compartilhe