A agricultura familiar é importante para a segurança alimentar

21/06/2022

Quando se fala em agricultura familiar, estão incluídos desde empreendimentos agropecuários mais estabelecidos e tecnificados, que abastecem mercados locais ou mesmo nacionais e internacionais, até a produção de subsistência. O que há em comum é que esse perfil de produtores tem grande contribuição para a segurança alimentar, exercendo um relevante papel social na economia.

A sócia-gerente da Agroicone, Leila Harfuch, concedeu entrevista ao Estadão para o caderno especial “Brasil Verde – Alimentação do Futuro”, em que comentou sobre a importância de apoiar o desenvolvimento da agricultura familiar, sempre considerando aspectos de resiliência da propriedade e geração de renda em curto e médio prazos.

Leila é coautora de estudo recente publicado pela Agroicone sobre a inserção da agricultura familiar na política pública ABC+, o Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária 2020-2030, publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em 2021.

Saiba mais e leia na íntegra o estudo Desafios para a inserção da agricultura familiar no ABC+.

Leia a reportagem do Estadão.

 

Compartilhe