Iniciativa Caminhos da Semente inicia seu Plano de Ação

Imagem - Nina Jacobi

Iniciativa Caminhos da Semente inicia seu Plano de Ação

16/12/2019

Depois de elaborar um Plano de Ação estratégico, em colaboração com mais de 160 organizações atuantes na restauração florestal no Brasil, a Iniciativa Caminhos da Semente coloca em prática as ações para apoiar a semeadura direta na recuperação da vegetação nativa no Brasil.

Uma das ações importantes são os cursos de capacitação sobre a técnica, com objetivo de aproximar os setores demandantes e os produtores parceiros. Um dos cursos realizados foi o módulo 1 e 2 sobre Recuperação de Vegetação Nativa com o Protocolo Etanol Mais Verde, em uma parceria que envolveu a Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA), a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e o setor sucroenergético, representado pela União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo – UNICA e pela Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil – ORPLANA.

 

Rodrigo Moises – Canavieiros – 1º Módulo do Curso sobre Recuperação de Vegetação Nativa com o Protocolo Etanol Mais Verde

 

Também foram realizados 14 plantios e 8 dias de campo com produtores rurais e empresas com interesse em restauração, com objetivo de demonstrar e oferecer treinamento sobre o método da semeadura direta. Um desses plantios ocorreu no município de Adolfo (SP) como resultado de uma parceria entre Usina Santa Isabel e AES Tietê. A usina já realizava restauração em suas áreas, porém foi a primeira experiência com a semeadura direta, com o plantio de dois hectares em uma APP (Área de Preservação Ambiental), em torno de uma nascente.

 

Imagem: Nina Jacobi – Preparo das sementes em Dia de Campo com Usina Santa Isabel e AES