A contribuição brasileira para a agricultura sustentável

A contribuição brasileira para a agricultura sustentável

16/12/2019

As contribuições brasileiras para o desenvolvimento sustentável na agropecuária são o tema de artigo “Desenvolvimento sustentável e política agrícola”, publicado por Rodrigo C. A. Lima e Leila Harfuch, sócios da Agroicone, no livro “Política Agrícola no Brasil – o agronegócio na perspectiva global”. Organizado por Ivan Wedekin, que foi secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SPA/MAPA), a publicação reúne 20 artigos de pesquisadores e especialistas interessados na sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

O potencial da agropecuária brasileira em contribuir para a segurança alimentar global é evidente. No entanto, diante dos impactos climáticos, dos gargalos de produtividade em algumas culturas e da falta de assistência técnica e extensão rural, é fundamental ponderar os desafios das políticas agrícolas diante dos principais temas de desenvolvimento sustentável. O Plano Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC) e a política RenovaBio são exemplos de políticas públicas inovadoras e que merecem atenção.

“O Plano ABC 2010-2020 foi um embrião que gerou importantes resultados para a agropecuária. A recuperação de pastagens degradadas e a intensificação da produção, por exemplo, são fatores que contribuem muito além de reduzir impactos ambientais, mas sim, promovem ganhos econômicos e sociais essenciais. De que forma a política agrícola tratará da inovação como base de suporte ao agro é um dos desafios que o artigo visa responder”, explica Rodrigo.

Para adquirir o livro, enviar email para: contato@wedekin.com.br.