Redação Agroicone

Segurança energética e baixa emissão de carbono são temas abordados em evento da OCB

06/06/2018
Na primeira quinzena de maio, a Agroicone participou do Seminário de Produção de Energia no Cooperativismo: Oportunidades e Desafios, promovido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), em parceria com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit), agência de cooperação técnica, e da Confederação Alemã de Cooperativas (DGRV).
Ocorrido em Brasília (DF), o evento teve como objetivo debater as chances de produção de energia no cooperativismo, com ênfase em custos baixos e garantia de independência e de previsibilidade. Foram reunidos técnicos estaduais, conselheiros dos diversos ramos cooperativistas e representantes de cooperativas, que acompanharam a exposição de argumentos, ideias e cases em quatro painéis, entre eles o que tinha como tema o ‘contexto energético brasileiro e cooperativismo’, do qual Rodrigo Lima, sócio-diretor da Agroicone participou da discussão.
“As cooperativas agrícolas têm um papel central para prover segurança alimentar, adotar boas práticas e contribuir para o desenvolvimento do Brasil. É preciso aprofundar os debates sobre como as cooperativas podem gerar energias renováveis, reduzir custos de produção e agregar mais este componente ao rol de práticas de baixo carbono que já adotam”, afirma o executivo.
Neste painel também estavam presentes representantes do Ministério de Minas e Energia (MME), da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e da própria OCB.
Em adicional às discussões, a OCB, a GIZ e a DGRV lançaram a cartilha ‘Cooperativas de Energia – Guia de Constituição de Cooperativas de Geração Distribuída Fotovoltaica’. O material foi disponibilizado em formato impresso e digital. Para mais detalhes, acesse: www.somoscooperativismo.coop.br
Quer receber mais conteúdos?

Inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro!