Adido agrícola é um cargo que reúne conhecimento técnico e habilidade política

07/04/2020

O cargo de adido agrícola foi criado há 10 anos para representar os interesses da agropecuária em mercados internacionais, que hoje abrangem 19 países.

Na opinião de Rodrigo C. A. Lima, diretor geral da Agroicone, a atuação dos adidos está fortemente ligada ao papel do Itamaraty. “Há uma cooperação muito grande entre o adido e a representação diplomática brasileira no exterior. O Itamaraty é a ponte da relação entre os países, mas a questão técnica é responsabilidade dos adidos, profissionais especializados”, disse ele ao jornal.

Em entrevista ao Jornal do Engenheiro Agrônomo, Rodrigo destacou as exigências necessárias ao perfil desse cargo, que deve aliar conhecimentos técnicos e habilidades políticas.

Leia a reportagem.

 

 

 

Compartilhe